Login

Informe seu login e senha para acessar a área restrita:

Login:
Senha:
 

Combate à violência no trabalho

Assédio moral: denuncie

O Protocolo para Prevenção de Conflitos no Ambiente de Trabalho tem como prioridade o combate à prática de assédio moral decorrente, na maioria dos casos, da cobrança de metas. Conquistado em 2010, o Protocolo prevê um canal específico para apurar as denúncias de assédio moral apresentadas ao Sindicato e encaminhadas aos Bancos.

Na Campanha Nacional de 2013, a categoria assegurou a redução do prazo para os Bancos apurarem as denúncias, passando de 60 dias para 45 dias. Na Campanha deste ano (2014) os bancos assumiram o compromisso para que o "monitoramento de resultados ocorra com equilíbrio, respeito e de forma positiva para prevenir conflitos nas relações de trabalho". Caso isso não aconteça, o bancário poderá apresentar denúncia de assédio moral. Hoje, o Sindicato tem aditivo à CCT sobre o Protocolo com 10 bancos: Itaú, Bradesco, Santander, HSBC, BB, Caixa Federal, Citibank, Safra, BicBanco e Votorantim.

Não se cale, denuncie. Para isso, basta preencher o formulário abaixo. Mas, antes, leia com atenção e aceite o Termo de Responsabilidade.


Termo de Responsabilidade

CLÁUSULA 57ª PROTOCOLO PARA PREVENÇÃO DE CONFLITOS NO AMBIENTE DE TRABALHO (ADESÃO VOLUNTÁRIA)

Fica instituído, por adesão voluntária, Protocolo para Prevenção de Conflitos no Ambiente de Trabalho, que observará os seguintes princípios:

  • a) Valorização de todos os empregados, promovendo o respeito à diversidade, à cooperação e ao trabalho em equipe;
  • b) Conscientização dos empregados sobre a necessidade de construção de um ambiente de trabalho saudável; e
  • c) Promoção de valores éticos, morais e legais; e
  • d) Comprometimento dos bancos para que o monitoramento de resultados ocorra com equilíbrio, respeito e de forma positiva para prevenir conflitos nas relações de trabalho.

Parágrafo Primeiro
O objetivo do Protocolo para Prevenção de Conflitos no Ambiente de Trabalho, por Adesão Voluntária, é promover a prática de ações e comportamentos adequados dos empregados dos bancos aderentes, que possam prevenir conflitos indesejáveis no ambiente de trabalho.

Parágrafo Segundo
A adesão ao Protocolo para Prevenção de Conflitos no Ambiente de Trabalho é voluntária e será formalizada por parte dos bancos e sindicatos profissionais aderentes, por meio de ACORDO ADITIVO.

Assédio moral: conceito

Assédio moral no trabalho é a exposição dos trabalhadores e trabalhadoras a situações humilhantes, constrangedoras e vexatórias, repetitivas ou não, seja de longa ou pequena duração, durante a jornada de trabalho e no exercício de suas funções. É mais comum em relações hierárquicas autoritárias e assimétricas, em que predominam condutas negativas, relações desumanas e aéticas de longa ou curta duração, de um ou mais chefes dirigida a um ou mais subordinados. Desestabilizando a relação da vítima com o ambiente de trabalho e a organização. Assédio moral no trabalho é toda e qualquer atitude abusiva manifestada por atos, palavras, gestos, que venham a atentar contra a dignidade física e psíquica das pessoas.

Autorizo o Sindicato dos Bancários de Campinas e Região a apresentar a denúncia abaixo ao Banco citado, para as finalidades da referida cláusula 57ª.

Importante: Preencha o formulário; atenção para os campos obrigatórios. Cabe ressaltar que a identidade do denunciante será preservada, mantida em sigilo.





FORMULÁRIO

(*) Preenchimento obrigatório
Nome (*):
Matrícula Funcional: Matrícula Sindical:
Banco (*): Agência/ Depto (*):
Cargo/ Função (*): E-mail (*):
Telefone (*): Celular (*):
Histórico (*):